sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Eutanásia

EUTANÁSIA



“Os cristãos devem ser contra decisões judiciais e leis que autorizem o aborto e a eutanásia, considerados pecados graves” (Papa Bento XVI).

Eutanásia é pecado mortal: “Estai cientes de que a eutanásia é desaprovada pelo Meu Pai, e não é tolerado que uma pessoa possa tirar a vida de outra, conscientemente. Nenhuma razão pode ser invocada para justificar isso em Nome do Meu Pai. A tolerância pode ser apresentada através do argumento de tratamento humanitário, para justificar esta ação, mas nenhuma pessoa exceto o Pai Todo-Poderoso pode decidir sobre a data da morte, pois não é um direito do homem. Nunca lhe será dada a autoridade para cometer esse pecado mortal.

Toda a desculpa é dada pelo homem, ao tirar a vida de outro, mas nenhuma delas será aceite como direito seu, em quaisquer circunstâncias. Isso aplica-se à execução, aos pecados do aborto e da eutanásia. Elevai-vos todos agora, e lembrai-vos de que seríeis julgados duramente se quebrásseis o mais Sagrado de todos os Mandamentos do Meu Pai. Não Matarás. Lembrai-vos de que há um só Deus e só Ele pode decidir quando a vida é para ser tirada. Se quebrardes esse Mandamento, com pleno conhecimento do que fazeis, vós sofrereis o tormento do Inferno para a Eternidade.

Por favor, Eu vos imploro, não cedais às pressões de Satanás, que constantemente incentiva a tirar a vida, de modo a que ele possa roubar as almas que de outra forma seriam destinadas ao Reino Glorioso de Meu Pai” (Jesus, 15/07/2011).



Nenhum comentário:

Postar um comentário