segunda-feira, 28 de abril de 2014

O tempo para o pecado ser declarado não o ser mais, está próximo

O tempo para o pecado ser declarado não o ser mais, está próximo
Quinta-feira, 24 de abril de 2014, 16h45min.

Minha querida e amada filha, está agora perto o tempo em que os pecados do homem serão considerados, pela Minha Igreja, insignificantes e inofensivos aos Meus Olhos.

O pecado não é algo que seja considerado por Mim como uma fraqueza ou uma falta. O pecado é criado por causa dessas duas características, mas advém por causa da existência de Satanás. A Minha Igreja acalmará em breve os Meus seguidores, levando-os a aceitar a mentira de que o pecado é meramente uma metáfora – que é usado como um símbolo para os filhos de Deus, para os exortar a seguirem um caminho que é agradável a Deus. O pecado não deveria fazer-vos sentir separados dos outros, dirão eles. Eles dirão que o pecado realmente não importa, porque Deus é Todo-Clemente. Sim, Eu Sou Todo-Clemente e perdoo todo o pecado - com exceção do pecado eterno -, desde que seja mostrado remorso pelo pecador e que ele se esforce para afastar toda a tentação, para evitar a repetição do pecado. Vós não podeis pedir-Me para perdoar o pecado quando viveis nesse pecado. Um assassino, que assassina, mutila e mata, não pode pedir-Me para o perdoar, enquanto ele continua a matar e não tem intenção de parar os seus crimes. Qual é a utilidade de Me pedirdes para vos redimir do pecado se, em primeiro lugar, vós não aceitais que pecais?

O pecado é causado por fraqueza e Eu perdoo o pecador que verdadeiramente se arrepende. Quando o pecador não acredita mais que é culpado de pecado, ele fica impregnado na alma. O tempo para o pecado ser declarado não o ser mais, está próximo. Quando esse tempo chegar haverá um grande alívio e celebração, porque o que era antes considerado um pecado aos Meus Olhos não será mais considerado como tal.

O pecado será visto como uma coisa natural, a qual todos vós deveis aceitar. Não vos será dito apenas para amardes o pecador, como Eu faço. Não. Vós sereis encorajados a aceitar que o pecado não existe. Tudo isso conduzirá à traição final da Minha Divindade, em que o mundo se idolatrará si mesmo, aos seus talentos, à sua inteligência, até declarar a sua grandeza, num desafio direto de Deus, o Pai Eterno.

Ó quantos serão levados ao erro, ao desespero e à transgressão. A Minha Igreja será usada para declarar a heresia no Meu Santo Nome. Esses desvarios colocá-la-ão de cabeça para baixo e de dentro para fora e nenhuma parte dessas mudanças será dirigida por Mim, Jesus Cristo. O Espírito Santo não presidirá à abominação e haverá grande confusão, grande tristeza e uma sensação de desamparo por parte de quem permanecer fiel aos Ensinamentos da Minha Igreja. Os ensinamentos tradicionais não serão mais tolerados. Então, quando tudo o que foi mantido sagrado colapsar, estará pronto o tempo para que o homem da perdição tome o seu lugar na Minha Igreja.

O Vosso Jesus


Fonte: The Warning Second Coming: www.thewarningsecondcoming.com.




Nenhum comentário:

Postar um comentário