sábado, 10 de maio de 2014

Quantos homens se inclinam a acreditar na infração, em nome da justiça?

Quantos homens se inclinam a acreditar na infração, em nome da justiça?
Terça-feira, 6 de maio de 2014, 20h02min.

Minha querida e amada filha, a razão pela qual a Minha Palavra é rejeitada por tantos, é porque a Verdade é como um espinho no lado dos que estão embaraçados por proclamarem abertamente os Meus Ensinamentos.

O homem que acredita que a liberdade de expressão é mais importante do que a adesão à Palavra de Deus, caminha num percurso muito perigoso. Qualquer homem que acredite no seu direito de afirmar os seus pontos de vista, como se fossem sacrossantos, quando ele desculpa o pecado trai-Me.

Quantos homens se inclinam a acreditar na infração, em nome da justiça? Tais homens, que ditam as vossas leis, incluindo as que governam a vossa Igreja, queriam que vós acreditásseis que o direito à liberdade de expressão supera toda a Lei de Deus, mesmo quando ela glorifica o pecado.

O pecado cobre muitas facetas e, no mundo de hoje, todo o pecado individual é explicado proclamando o direito individual de cada pessoa para fazer o que lhe agrada. Embora nenhum de vós tenha o direito de julgar qualquer pessoa, em Meu Nome, nenhum de vós tem o direito de declarar uma infração como sendo uma coisa boa.

O Vosso Jesus.


Fonte: The Warning Second Coming: www.thewarningsecondcoming.com.




Nenhum comentário:

Postar um comentário