quinta-feira, 21 de agosto de 2014

A Minha Palavra, dirão eles, causa tanta ofensa que será considerada politicamente incorreta



A Minha Palavra, dirão eles, causa tanta ofensa que será considerada politicamente incorreta
Quinta-feira, 7 de agosto de 2014, 23h40min.

Minha querida e amada filha, se não fosse a Minha Paciência, a Minha Punição seria infligida agora sobre os injustos que flagelam a Minha Igreja na Terra.

O ódio contra o Cristianismo está a ser infligido sobre vós de três maneiras. A primeira é a apostasia global, que é liderada pelos que se vingam de Mim, que levam o mundo a rejeitar tudo o que é Meu e que Me lançam para uma terra inculta deixada a definhar. A segunda acontece por causa do racionalismo e da interferência humana na Minha Palavra, difundida pelos estudiosos da Minha Palavra, que não são preenchidos com o espírito da Verdade, mas que, ao invés, estão cheios do espírito de justiça próprio, o qual é alimentado pelo orgulho. Tão bem versados eles acreditam ser que, ao interpretarem os Meus Ensinamentos, acrescentam novas normas e adaptam o que Eu ensinei para as adequarem às suas próprias necessidades egoístas. E depois, há aqueles cujos corações são feitos de pedra - frios, insensíveis e cheios de um intenso e profundo ódio por Mim e por qualquer um que pratique o Cristianismo para todos perceberem.

A influência do demónio manifesta-se de muitas maneiras que o homem, por si, será incapaz de se opor às exigências que lhe são feitas por todos esses três grupos, os quais tentarão impedi-lo de proclamar a Verdadeira Palavra de Deus. A Minha Palavra, dirão eles, causa tanta ofensa que será considerada politicamente incorreta e, assim, essa será vista como a principal razão para mudar radicalmente a face do Cristianismo. Só os simples, as pessoas cujo amor por Mim é comparável à de crianças pequenas, Me serão leais, porque os restantes estarão demasiado ocupados a implementar as mudanças relacionadas com a interpretação da Minha Palavra. E durante todo esse tempo, os sacerdotes que Eu chamei para dar testemunho da Verdade estarão a preparar-se para preservar a Verdade.

Esconder a Verdade trará uma terrível escuridão. A mudança é um escárnio da Minha Crucificação. Apresentar um substituto para a Verdade é negar-Me completamente. Porém, os maiores perpetradores serão aqueles que se vangloriam dos seus conhecimentos sobre Mim – as suas máscaras de falsa santidade e as suas palavras e ações nunca vos atrairão para Mim, porque o Espírito Santo não estará presente nas suas almas. Quando o Espírito Santo não está presente, eles - esses traidores da Minha Palavra – atrairão a escuridão para outros que adoptem entusiasticamente as suas mentiras. Todas essas falsidades suportarão o sinal do maligno - o pecado do orgulho - a porta do caminho para dentro do deserto. Uma vez aberta essa porta, todas as outras iniquidades fluirão através dela e as almas de todos aqueles que sucumbem à heresia tornar-se-ão estéreis.

Sem a Verdade, vós vivereis num mundo onde nada do que ouvirdes vos trará a paz. Sem a Luz da Minha Presença o sol não brilhará - ele tornar-se-á baço e desfalecido e, em seguida, ele tornar-se-á numa neblina até que, pela mão do homem mortal, ele deixará de trazer a luz aos que têm olhos e se recusaram a ver e não mais verão, enquanto aqueles que viram e aceitaram o Espírito de Deus, verão.

O Vosso Jesus.


Fonte: The Warning Second Coming: www.thewarningsecondcoming.com.



Nenhum comentário:

Postar um comentário