quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Não perturbeis os vossos corações, discutindo sobre Mim ou tentando iludir-Me, porque isso não serve qualquer propósito



Não perturbeis os vossos corações, discutindo sobre Mim ou tentando iludir-Me, porque isso não serve qualquer propósito
Sábado, 9 de agosto de 2014, 17h43min.

Minha querida e amada filha, à medida que as tempestades se enfurecem e a paz entra em erupção sabei que o tempo para a Minha Intervenção está perto de atacar. O homem verá desordem em qualquer lado para que olhe e alguns dirão que o tempo está próximo. Até que vós vejais as guerras irromperem em diferentes partes do mundo e as novas doutrinas a amontoarem-se e disseminarem-se entre os espiritualmente famintos, que serão os primeiros a agarrá-las como abelhas ao mel; só então vós podeis ter a certeza das grandes mudanças, que irão precipitar a Segunda Vinda.

As nuvens reunir-se-ão antes das tempestades e as tempestades enfurecer-se-ão antes que o raio final seja arremessado do Céu. Os sinais estão a tornar-se mais claros para aqueles que têm olhos que podem ver, mas os restantes acreditam simplesmente que é uma pequena justiça no mundo - agitações como houve antes - tal como sempre houve. Mas sabei que as profecias preditas ocorrerão e que elas serão testemunhadas por muitos antes do Grande Dia.

Não perturbeis os vossos corações, discutindo sobre Mim ou tentando iludir-Me, porque isso não serve qualquer propósito, além de causar um medo que se enraíza dentro dos vossos corações. Incomoda-Me testemunhar a divisão no mundo; Dói-Me ver a maldade, que conduz à morte de inocentes, e o sofrimento infligido sobre os mais fracos. Dói-Me ver tantos em trevas, que choram lágrimas de tristeza, porque eles não acreditam no futuro. Eles não têm nenhuma crença na Minha Promessa de recuperar o Meu Reino e trazer glória à humanidade. Ó como isso Me entristece e como Eu desejo trazer às almas o conforto do Meu Amor e a paz que Eu desejo trazer ao cerne das suas almas.

Quando o desmembramento que aflige o mundo crescer de intensidade, vós deveis baixar todos os vossos braços e abandonar todas as ações defensivas que colocastes perante Mim, a fim de vos protegerdes a vós mesmos, e, em seguida, chamar por Mim com esta oração.

Cruzada de Oração (163) Resgatai-me da perseguição

“Ó Jesus, preservai-me da dor da perseguição em Vosso Nome. Encarcerai- me no Vosso Coração. Livrai-me do orgulho, avareza, malícia, ego e ódio na minha alma. Ajudai-me a render-me verdadeiramente à Vossa Misericórdia. Afastai os meus medos. Ajudai-me a aliviar a minha dor e levai todas as perseguições para longe de mim, para que eu possa seguir-Vos como uma criança, sabendo que todas as coisas estão sob o Vosso Controle. Libertai-me do ódio demonstrado por todos aqueles que proclamam serem Vossos, mas que realmente Vos negam. Não deixeis que as suas línguas cortantes me flagelem ou que os seus atos perversos me desviem do Caminho da Verdade. Ajudai-me a focar-me apenas no Vosso Reino vindouro e a perseverar, com dignidade, contra quaisquer insultos que eu possa suportar em Vosso Nome. Trazei-me paz de mente, paz de coração, paz de alma. Amém.”

Por favor, mantende a calma, enquanto as tempestades ganharem ímpeto, porque, se vós não confiardes em Mim complemente vacilareis e a vossa dor, à medida que testemunhardes o mal disfarçado de bom, tornar-se-á insuportável. Confiai em Mim. Nunca vos desvieis dos Meus Ensinamentos e orai, com abandono de vossa alma, livres de malícia, como se espera de vós como Meus seguidores. Quando vós fizerdes isso, sereis libertados e nada vos incomodará de novo.

O Vosso Jesus.


Fonte: The Warning Second Coming: www.thewarningsecondcoming.com.



Nenhum comentário:

Postar um comentário