segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Deus Pai: Não deixeis nenhum homem entre vós ser ignorante da Minha Justiça



Deus Pai: Não deixeis nenhum homem entre vós ser ignorante da Minha Justiça
Quarta-feira, 5 de novembro de 2014, 13h30min.

Minha querida filha, amai-Me e compreendei que Eu amo e acarinho todos os Meus filhos. Compreendei também, no entanto, que a Minha Justiça é para ser temida. Não deixeis nenhum homem entre vós ser ignorante da Minha Justiça, porque ela será desencadeada como uma terrível tempestade e varrerá as almas daqueles que recusam a Minha Misericórdia.

A Minha cólera é desconhecida por muitos, mas sabei isto. Se um homem que Me conhece, blasfemar contra o Espírito Santo, Eu nunca o perdoarei. Nada pode, nem irá, mudar essa realidade, pois esse homem escolheu o seu próprio destino e não pode haver reconciliação. Ao homem que se levanta diante de Mim e justifica tirar a vida, sabei que a sua vida será tirada por Mim. Se um homem vender a sua alma a Satanás, Eu não posso trazê-lo de volta, pois ele torna-se um com o maligno. Quando um homem que fala em Nome do Meu Filho, Jesus Cristo, destrói as almas daqueles que são Meus, ele será afastado de Mim por toda a eternidade. Temei agora a Minha Ira, porque Eu punirei todas as pessoas que desafiem a Minha Vontade até o fim.

Vós não deveis temer a Segunda Vinda do Meu Filho, pois isso é uma Dádiva. Vós não deveis temer, sequer, qualquer sofrimento que possais suportar antes desse dia, porque isso será de curta duração. Temei somente pelas almas daqueles que Eu não posso salvar e que não têm qualquer desejo de se salvar. Elas são almas que sabem que Eu existo, mas que escolheram o Meu inimigo em vez de Mim.

Eu intervirei de muitas maneiras para salvar aqueles que não Me conhecem de todo. Eu porei a nu as almas daqueles que desafiam todas as Leis que Eu fiz, e eles suportarão a dor do Inferno e do Purgatório nesta terra. Por isso, eles serão purificados e ficar-Me-ão gratos por lhes mostrar agora esta Misericórdia. É muito melhor suportar isso agora do que sofrer por toda a eternidade, em união com o maligno. Vós nunca deveis questionar os Meus Caminhos, porque tudo o que Eu faço é para o bem dos Meus filhos, para que eles possam ficar Comigo numa vida de Eterna Glória.

A Minha Punição, a ser lançada sobre o homem, dói-Me. Ela quebra o Meu Coração, mas é necessária. Toda essa dor será esquecida e a luz destruirá as trevas. A escuridão não lançará mais a sua terrível maldição sobre os Meus filhos. Eu digo-vos isto porque vós estais a ser conduzidos para uma terrível escuridão através do engano do demônio. A menos que Eu vos informe sobre as consequências, vós não tereis nenhum futuro no Meu Paraíso.

Com que rapidez toda a memória dos Meus Mandamentos tem sido esquecida. Com que rapidez o homem perde a Graça quando deixa de defender a Minha Palavra.

O Vosso amado Pai, Deus, o Altíssimo.


Fonte: The Warning Second Coming: www.thewarningsecondcoming.com.



Nenhum comentário:

Postar um comentário