segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Nada pode vir do nada



Nada pode vir do nada
Sábado, 1 de novembro de 2014, 13h35min.

Minha querida e amada filha, tende cuidado com aqueles que negam a Divindade do Meu Pai. Ele, e só Ele, criou o mundo – tudo veio d’Ele. Nada pode vir do nada. Tudo o que é, e será, vem do Meu Pai Eterno.

A Palavra não pode ser quebrada, e se e quando for, não é de aceitar o que seja contrário à Verdade. Vós viveis num tempo em que todas as provas da existência de Deus, e de tudo o que Ele criou, serão negadas. Todas as coisas que Ele mais preza serão destruídas. A Sua Criação está a ser dividida por aqueles que O negam. A Vida, que vem d'Ele, está a ser destruída, e a Verdade que Ele deu aos Seus filhos através do Seu Livro Sagrado, contendo o Velho e o Novo Testamentos, está agora a ser questionada. Em breve, muito do que diz a Palavra será considerado inverdadeiro.

Como poucos de vós amais Aquele que é o Pai Eterno, e como valorizais pouco o vosso próprio destino, porque o caminho que vós escolhestes é cuidadosamente selecionado para atender apenas à vossa própria arrogância e auto-satisfação. O homem, que está obcecado com o seu próprio intelecto, o conhecimento e a vaidade, continuará a tentar encontrar um caminho para Deus, mas feito por ele mesmo. Isso conduzi-lo-á a um mau caminho e ele acabará a viver uma mentira. Quando vós passais por esta vida na procura do significado da vossa existência, vós nunca a encontreis, a menos que aceiteis a Verdade da Criação.

Deus, Meu Pai Eterno, criou-vos. Até que vós aceiteis isto, vós continuareis a idolatrar falsos deuses e o vosso paganismo vos fará ajoelhar em desespero. Chegou o tempo de vós nada aceitardes que prove que o Meu Pai não existe.

Foi-vos dada a Verdade. Aceitai isso. Deixai-Me levar-vos pela mão para o Meu Pai, para que Eu possa trazer-vos a salvação eterna. Qualquer coisa que não seja a Verdade conduzir-vos-á no caminho para o inferno.

O Vosso Jesus.


Fonte: The Warning Second Coming: www.thewarningsecondcoming.com.



Nenhum comentário:

Postar um comentário