segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

O humanismo é uma afronta a Deus

O humanismo é uma afronta a Deus
Quinta-feira, 25 de dezembro de 2014, 15h10min.

Minha querida e amada filha, não vos preocupeis com o espírito do mal, que corrompe o mundo. Deixai tudo para Mim. Desde que vós Me ameis, Me reverencieis e amais os outros, de acordo com a Minha Santa Vontade, Eu proteger-vos-ei da dor de todas as coisas que estão contra Mim.

A pior dor que vós tereis que suportar será testemunhar os chamados atos de caridade e as preocupações humanitárias numa escala global, que irão mascarar as verdadeiras intenções dos Meus inimigos. Vós reconhecereis, dentro dos vossos corações, que o enganador está a trabalhar. Quando o mundo secular e aqueles que dizem representar-Me falarem de política, atos humanitários, mas deixarem de proclamar a importância de preservar a vida humana, a todo custo, sabei então que não é isso que Eu desejo. Se aqueles que dizem representar-Me não falam com a mesma paixão sobre o mal do aborto como falam sobre outros atos contra a humanidade, estai então cientes de que algo está errado.

O Meu Pai punirá todos aqueles que matam os Seus filhos, incluindo os filhos que ainda estão a ser nutridos no útero, à espera de nascerem. Os autores de tais crimes sofrerão um castigo terrível se não se arrependerem dos seus pecados contra Ele. Aqueles que são Meus e que representam a Minha Igreja na terra falharam na proclamação da Verdade. O assassinato, incluindo o aborto, é um dos maiores pecados contra Deus. É necessário um extraordinário ato de contrição para ser absolvido de tal pecado. Então, porque não luta a Minha Igreja com vigor contra este pecado – um dos atos mais abomináveis de desafio contra o Meu Pai? Porque vos distraem eles do reconhecimento do mais grave dos pecados, enquanto pregam sobre a importância de atos humanitários?

O humanismo é uma afronta a Deus, porque ele foca-se nas necessidades do homem e não na necessidade do arrependimento do pecado perante o Criador de tudo o que é. Se vós ignorais os pecados mortais, claramente definidos nas Leis estabelecidas por Deus, os quais conduzem à condenação eterna, então, quantidade alguma de compaixão para com os direitos civis da raça humana expiará aqueles pecados.

Se vós acreditais em Mim, e se vós Me servis, então vós deveis falar somente a Verdade. A Verdade é que o pecado é o vosso maior inimigo – e não aqueles que vos perseguem. O pecado mortal, sem arrependimento, levar-vos-á ao Inferno. Se vós estais em pecado mortal e passais o tempo apoiando grandes atos de caridade e ações humanitárias, e não vos arrependeis, então a vossa alma estará perdida.

Lembrai-vos da Verdade. Não vos deixeis enganar por conversas, atos ou obras de caridade, quando a tarefa mais importante é lutar contra o pecado mortal. O Meu servo sagrado que se recuse a lembrar-vos as consequências do pecado mortal não entende a sua missão de Me servir. Vós não podeis varrer o pecado para debaixo do chão, para fora da vista, como se ele não existisse. Quantidade alguma de empatia com as pessoas que são perseguidas em Meu Nome compensará o fato de os pecadores não se reconciliarem Comigo, Jesus Cristo, para o perdão dos pecados.

O Vosso Jesus.


Fonte: The Warning Second Coming: www.thewarningsecondcoming.com.




Nenhum comentário:

Postar um comentário