sexta-feira, 26 de junho de 2015

O ativismo político de "Papa" Francisco a favor de causas humanitárias

O ATIVISMO POLÍTICO DE “PAPA” FRANCISCO A FAVOR DE CAUSAS HUMANITÁRIAS

Como predito em 5.10.2011: “eles serão vistos a oferecer a salvação ao mundo sob a aparência de esforços humanitários”.
  


“Os direitos humanos não permitem exclusões”, diz “Papa” Francisco.

“A pior dor que vós tereis que suportar será testemunhar os chamados atos de caridade e as preocupações humanitárias numa escala global, que irão mascarar as verdadeiras intenções dos Meus inimigos”, diz Nosso Senhor Jesus Cristo, no Livro da Verdade.

O “Papa” Francisco prega sobre os direitos humanos e sobre causas humanitárias em diversas ocasiões. Não é uma coisa nova, mas as citações abaixo vão mostrar que o homem é continuamente ativo em muitos aspectos políticos.

“Papa” Francisco, 11 de junho de 2015:

“A nossa tendência ao ‘defeito’ quando confrontados com questões difíceis é humano, mas devemos responder a do imperativo do acesso a alimentos necessário, é um direito de todos. Os direitos humanos não permitem exclusões. Certamente, podemos nos confortar sabendo que o número de pessoas famintas em 1992, 1,2 milhões, foi reduzido, embora a população mundial tem crescido. No entanto, há pouco ponto para anotar os números ou mesmo projetando uma série de compromissos e recomendações concretas a serem implementadas nas políticas e investimentos se negligenciarmos a obrigação de erradicar a fome e prevenir todas as formas de desnutrição no mundo. Esquece-se que, se a pobreza em um país é um problema social que podem encontrar soluções, em outros contextos, é um problema social e políticas sociais não são suficientes para enfrentá-lo. Esta atitude pode mudar se colocarmos a solidariedade no centro das relações internacionais, transpondo o vocabulário das opções de política para uma política do outro”, diz “papa” Bergoglio.[1]

“Papa” Francisco, 13 de junho de 2015:

“É importante para as autoridades públicas usar seu escritório para fazer as bases para a convivência humana mais estável e sólida através da recuperação de valores fundamentais. Para estes valores, o cristianismo ofereceu o fundamento verdadeiro mais apropriado: o amor de Deus, que é inseparável do amor dos outros”, diz “papa” Bergoglio.[2]

Trechos do Livro da Verdade

Jesus Cristo, 5 de outubro de 2011:

“Aceitai filhos, que o grupo do mal se levantou em guerra contra os Meus seguidores e líderes da igreja. Eles têm sempre conseguido infiltrar-se dentro da Minha Igreja. O seu veneno jorra maldade como um rio e corre em todas as direções. Existe um plano, não só para vos enganar, mas também para vos recrutar para a sua maneira de pensar. Para fora eles serão vistos a oferecer a salvação ao mundo sob a aparência de esforços humanitários. As suas soluções criativas tornarão a vida mais fácil para vós, na forma de unificação do vosso dinheiro, na vossa alimentação, na vossa saúde, no vosso bem-estar e na vossa religião, como um só. Tudo sob um domínio. O domínio do Anticristo”.[3]

Jesus Cristo, 1 de maio de 2013:

“Todos os dias, de hoje em diante, ouvireis muitas vozes gritando – exigindo que vós as escuteis. Eles vão apresentar-vos mentiras diabólicas e argumentos disfarçados com a doçura do mel. Persuadindo-vos, com uma barragem de argumentos sem fim, a ouvir o seu raciocínio em nome de causas humanitárias – que toleram o pecado – eles não vão parar até que vós aceiteis o que eles querem forçar-vos a engolir”.[4]

Jesus Cristo, 10 de agosto de 2013:

Em nome da justiça social e da compaixão social, surgirá o Falso Profeta, no que o mundo acreditará ser para evangelizar e criar uma igreja moderna. Esta igreja visará alcançar todos os pecadores e abraçar aqueles cujos pecados não são aceitáveis por Mim”.[5]

Jesus Cristo, 27 de junho de 2014:

O objetivo do demônio é levar as pessoas a acreditar que o mundo e a existência da raça humana é um meio para um fim. O seu maior triunfo foi a introdução do humanismo e, em particular, do humanismo secular. O Humanismo, o assim chamado desejo de cuidar das necessidades da raça humana, através da eliminação da injustiça social, é danoso. Aqueles que adotam o humanismo nas suas vidas, fazem-no como um substituto para uma crença em Deus e é compreensível porque eles o fazem. Tristemente, muitas religiões têm produzido dissidentes, cujo comportamento não é influenciado por Deus. O seu ódio pelos outros e sua intenção assassina são exercidos em Nome de Deus, quando, na verdade, é o próprio Satanás quem inspira todos os seus movimentos. Ele faz isso para afastar as pessoas de Deus. Essas almas em trevas cometem injustiças terríveis e usam o Nome do Meu amado Pai para realizar atos perversos. Então, eles justificam esses atos em nome da sua religião e fazem com que muitas pessoas rejeitem toda a crença em Deus. O humanismo secular, enquanto aplaude todas as coisas boas em nome da justiça social, é muito atraente para aquelas almas que têm coração afetuoso, pois as suas intenções são boas. Tristemente, quando abraçam essa doutrina, elas estão a dizer que a Criação do mundo foi um acidente causado pela natureza. Mas isso não é verdade, pois o mundo foi criado pelo Meu Eterno Pai. Nenhum cientista jamais será capaz de explicar a Criação do mundo, porque esse conhecimento nunca será conhecido para o homem. Rejeitando o sobrenatural e a Divina Existência de Deus, isso significa que vós rejeitais as diretrizes morais que provêm de Deus. Isso significa que a moralidade, um sentimento profundo do que é ou não agradável a Deus, não pode ser sustentado e isso conduz à escuridão. Em vez disso, o homem ficará focado apenas nas suas necessidades físicas e negligenciará a sua alma. Na morte, a sua alma, a qual eles se recusaram a aceitar como uma Dádiva de Vida de Deus, não aceitará a Misericórdia de Deus. Muitas dessas almas estarão, neste estágio, completamente alienadas da Misericórdia de Deus. A Minha Igreja, quando dividida e caída, abraçará o humanismo com grande satisfação. E, como resultado, ela atrairá todas as almas para uma falsa interpretação da Verdade da sua existência. O mundo, abraçará então este novo tipo de igreja – uma igreja preocupada com as injustiças sociais – e nem uma palavra sobre a importância da salvação de vossa alma será proferida”.[6]

Mãe da Salvação, 17 de outubro de 2014:

Então, à medida que o tempo amadurece, a nova Igreja Mundial Única será anunciada e será vista como uma grande instituição humanitária. Ela estará intrinsecamente ligada ao mundo da política e dos negócios. Então, aqueles que nunca pertenceram a nenhum credo, juntar-se-ão a ela. Como eles rejubilarão, porque todo pecado será desculpado e, assim, muitas pessoas serão aliviadas, porque serão capazes de viver as suas vidas como eles escolherem. Não mais terão que se preocupar em ofender a Deus, porque eles não considerarão o pecado como algo com que se preocupem. A nova igreja, a fim de exalar uma sensação de merecimento, promoverá obras humanitárias e de caridade, e o mundo inteiro irá aplaudi-la. Algum tempo depois, nenhuma distinção será feita entre ela e as alianças políticas globais e organizações empresariais dedicada à filantropia”.[7]

Jesus Cristo, 25 de dezembro de 2014:

A pior dor que vós tereis que suportar será testemunhar os chamados atos de caridade e as preocupações humanitárias numa escala global, que irão mascarar as verdadeiras intenções dos Meus inimigos. Vós reconhecereis, dentro dos vossos corações, que o enganador está a trabalhar. Quando o mundo secular e aqueles que dizem representar-Me falarem de política, atos humanitários, mas deixarem de proclamar a importância de preservar a vida humana, a todo custo, sabei então que não é isso que Eu desejo. Se aqueles que dizem representar-Me não falam com a mesma paixão sobre o mal do aborto como falam sobre outros atos contra a humanidade, estai então cientes de que algo está errado. O Meu Pai punirá todos aqueles que matam os Seus filhos, incluindo os filhos que ainda estão a ser nutridos no útero, à espera de nascerem. Os autores de tais crimes sofrerão um castigo terrível se não se arrependerem dos seus pecados contra Ele. Aqueles que são Meus e que representam a Minha Igreja na terra falharam na proclamação da Verdade. O assassinato, incluindo o aborto, é um dos maiores pecados contra Deus. É necessário um extraordinário ato de contrição para ser absolvido de tal pecado. Então, porque não luta a Minha Igreja com vigor contra este pecado – um dos atos mais abomináveis de desafio contra o Meu Pai? Porque vos distraem eles do reconhecimento do mais grave dos pecados, enquanto pregam sobre a importância de atos humanitários? O humanismo é uma afronta a Deus, porque ele foca-se nas necessidades do homem e não na necessidade do arrependimento do pecado perante o Criador de tudo o que é. Se vós ignorais os pecados mortais, claramente definidos nas Leis estabelecidas por Deus, os quais conduzem à condenação eterna, então, quantidade alguma de compaixão para com os direitos civis da raça humana expiará aqueles pecados. Se vós acreditais em Mim, e se vós Me servis, então vós deveis falar somente a Verdade. A Verdade é que o pecado é o vosso maior inimigo – e não aqueles que vos perseguem. O pecado mortal, sem arrependimento, levar-vos-á ao Inferno. Se vós estais em pecado mortal e passais o tempo apoiando grandes atos de caridade e ações humanitárias, e não vos arrependeis, então a vossa alma estará perdida. Lembrai-vos da Verdade. Não vos deixeis enganar por conversas, atos ou obras de caridade, quando a tarefa mais importante é lutar contra o pecado mortal. O Meu servo sagrado que se recuse a lembrar-vos as consequências do pecado mortal não entende a sua missão de Me servir. Vós não podeis varrer o pecado para debaixo do chão, para fora da vista, como se ele não existisse. Quantidade alguma de empatia com as pessoas que são perseguidas em Meu Nome compensará o fato de os pecadores não se reconciliarem Comigo, Jesus Cristo, para o perdão dos pecados”.[8]


Referências:

[1] NEWS.VA - Official Vatican Network: http://www.news.va/en/news/promote-human-person-social-stability-pope-tells-i
[2] NEWS.VA - Official Vatican Network: http://www.news.va/en/news/pope-to-participants-of-faos-39th-conference-respo
[3] Mensagem de Nosso Senhor Jesus Cristo, Livro da Verdade, em 5/10/2011: http://olivroselado.blogspot.com.br/2015/06/grupos-globais-sob-o-dominio-do.html
[4] Mensagem de Nosso Senhor Jesus Cristo, Livro da Verdade, em 1/5/2013: http://olivroselado.blogspot.com.br/2015/06/o-pecado-do-aborto-e-mortal-e-os.html
[5] Mensagem de Nosso Senhor Jesus Cristo, Livro da Verdade, em 10/8/2013: http://olivroselado.blogspot.com.br/2015/06/sabei-que-dor-da-rejeicao-sera.html
[6] Mensagem de Nosso Senhor Jesus Cristo, Livro da Verdade, em 27/6/2014: http://olivroselado.blogspot.com.br/2015/06/a-minha-igreja-quando-dividida-e-caida.html
[7] Mensagem da Mãe da Salvação, Livro da Verdade, em 17/10/2014: http://olivroselado.blogspot.com/2014/10/mae-da-salvacao-muitos-serao-despojados.html
[8] Mensagem de Nosso Senhor Jesus Cristo, Livro da Verdade, em 25/12/2014: http://olivroselado.blogspot.com/2014/12/o-humanismo-e-uma-afronta-deus.html


Foto: UM P.




Nenhum comentário:

Postar um comentário