sábado, 18 de julho de 2015

É tempo para o Segundo Selo ser aberto, visto que as guerras vão aumentar

É tempo para o Segundo Selo ser aberto, visto que as guerras vão aumentar
Sábado, 10 de março de 2012, 15h30min.

Minha querida e amada filha, este é o tempo para o Segundo Selo ser aberto, visto que as guerras aumentarão e se espalharão.

O escuro anjo vingativo vem de uma única fonte, Minha filha, e estas guerras estão todas ligadas.

Elas não acontecem por causa da instabilidade regional, elas foram planeadas pelo Ocidente.

Estas guerras têm sido inflamadas deliberadamente para controlar muitas dessas nações, que são denominadas como demoníacas, com mentiras espalhadas sobre os seus dirigentes políticos.

Filha, estas guerras foram ardilosamente criadas, ao mesmo tempo, com o objetivo de deporem líder após líder.

As soluções pacíficas serão apresentadas e aplaudidas, mas serão falsas.

Vós, Meus filhos, estais a ser enganados.

Os rumores de guerras são apenas isso - rumores. Como começam os rumores? Quem os começa e porquê?

Porque pensais vós que tantos países se envolvem em guerras ao mesmo tempo?

Isso não é uma coincidência.

Existe um plano, organizado pelo Anticristo, para controlar e conquistar essas nações, que têm riquezas e recursos.

Uma vez controlados esses países, eles tornam-se poderosos.

Como estas guerras aumentam e se tornarão cansativas, em seguida o Anticristo tornar-se-á conhecido como o negociador pacífico.

A alguns de vós está a ser dita a Verdade, devido ao controle que o Anticristo e as suas organizações possuem no mundo das comunicações.

Orai agora, pois as guerras aumentarão, e assim tornareis os seus planos impotentes.

Sabei que Israel, tão influenciado pelo Ocidente, será rejeitado e traído pelos E.U.A., quando menos o esperar.

Será então que o Holocausto de que Eu falo ocorrerá.

Rezai, rezai, rezai, pelo povo de Israel que continuará a sofrer pelos seus pecados até à Minha Segunda Vinda.

O Vosso Amado Jesus.


Fonte: The Warning Second Coming: www.thewarningsecondcoming.com.




Nenhum comentário:

Postar um comentário