sábado, 19 de setembro de 2015

Aqui está a primeira Oração da Ladainha de Jesus à Humanidade (1) Proteção contra o Falso Profeta

Aqui está a primeira Oração da Ladainha de Jesus à Humanidade (1) Proteção contra o Falso Profeta
Domingo, 19 de agosto de 2012, 22h56min.

“Meu Querido Jesus, salvai-nos do engano do Falso Profeta.
Jesus, tende Misericórdia de nós.
Jesus, salvai-nos da perseguição.
Jesus, preservai-nos do Anticristo.
Senhor, tende Misericórdia.
Cristo, tende Misericórdia.
Meu Querido Jesus, cobri-nos com o Vosso Precioso Sangue.
Meu Querido Jesus, abri os nossos olhos para as mentiras do Falso Profeta.
Meu Querido Jesus, uni a Vossa Igreja.
Jesus, protegei os nossos Sacramentos.
Jesus, não deixeis que o Falso Profeta divida a Vossa Igreja.
Meu Querido Jesus, ajudai-nos a rejeitar as mentiras que nos apresentam como a Verdade.
Jesus, dai-nos força.
Jesus, dai-nos esperança.
Jesus, inundai as nossas almas com o Espírito Santo.
Jesus, protegei-nos da besta.
Jesus, dai-nos o dom do discernimento para que possamos acompanhar o caminho de Vossa Igreja Verdadeira para todo o sempre e eternamente.
Amém.”

Por favor, Minha filha, não te sintas sobrecarregada com esta Missão, que Eu te enviarei ajuda em breve. Tu tens que aceitar tudo o que Eu te peço e continuar forte, confiando que tudo está bem.

A conversão já obtida através destas Mensagens equivale a centenas de milhares de almas. Portanto, não te sintas impotente ou preocupada. Estou satisfeito com a lealdade e dedicação daqueles que Me amam incondicionalmente.

Estou a enviar-te os Meus, de coração puro, para te darem proteção.

Eles levar-te-ão e ajudar-te-ão a levar os Meus seguidores em todo o percurso até aos portões do Novo Paraíso.

Eu amo-vos, Meus amados seguidores. Perseverai Comigo neste caminho espinhoso. Aceitai o ridículo que tereis que enfrentar enquanto continuais a espalhar a Minha Santa Palavra.

Sabei que Eu estou sempre com cada um de vós. Conheço as Minhas ovelhas e elas conhecem-Me. Nada nos pode separar.

O Vosso Jesus.




Nenhum comentário:

Postar um comentário