sábado, 10 de outubro de 2015

Guerra na Síria: prelúdio para a Terceira Guerra Mundial?

GUERRA NA SÍRIA: PRELÚDIO PARA A TERCEIRA GUERRA MUNDIAL?

Como predito em 18 de março de 2011: “As outras nações do Ocidente irão provocar uma reação da Rússia e da China. Tudo vai acabar numa Guerra Mundial”.


Guerras no Oriente Médio pela luta de poder estão crescendo
  


Isto está acontecendo: as guerras no Oriente Médio estão crescendo e tudo parece resumir-se a uma luta de poder que envolve nações para além do próprio Oriente Médio. Rússia e China estão entre os primeiros a pisar em solo sírio, em uma tentativa de derrubar o grupo terrorista ISIS. Enquanto isto, existe muita tensão entre ambos os Estados Unidos, a OTAN e a Rússia.

A Rússia parece estar violando vários tratados internacionais, tais como voar sobre diferentes territórios sem permissão. Neste caso, jatos russos estão voando sobre a Turquia, sem se importar com a opinião da OTAN sobre o assunto. De acordo com o Parlamento russo, o país não tinha nenhuma intenção de violar leis internacionais, dizendo que seus jatos simplesmente voou sobre a Turquia devido a erros e mal-entendidos. O empresário canadense Jeff Berwick explica: “Vladimir Putin falou na ONU em 28 de setembro. Ele bateu o Ocidente para baixo. Ele disse: ‘Olha o que você fez’. Justamente por isso. Ele essencialmente disse: ‘Nós estamos indo para a Síria’. Dois dias depois ele fez. Ele começou a atacar o ISIS, que é interessante, porque isso é o bando de terroristas de Dick Cheney. Os EUA tem vindo a dizer: ‘Estamos lutando contra o ISIS’, enquanto eles continuam soltando armas e suprimentos para eles. Eles não estão lutando contra o ISIS. O ISIS é apoiado pelos EUA e eles estão tentando assumir o controle da Síria, que é um plano que Wesley Clark sabia em 2001, quando lhe foi dito que eles estavam indo para atacar diversos países para ocupá-los nos próximos cinco anos. Um daqueles países incluía a Síria. Ele incluiu o Iraque, o Afeganistão, e já fizeram aquelas ocupações. Na Líbia, eles também fizeram isso. Putin disse: ‘Nós vamos ajudá-lo a lutar contra o ISIS, porque vocês não parecem ser capazes de fazê-lo’. Ele entrou e se livrou do ISIS em apenas 2 dias. Os EUA estão em uma posição muito estranha aqui, porque toda a sua linha de história acaba de ser destruída no último par de dias. Putin essencialmente disse que ele não permitiu que a NATO sobrevoasse sobre a Síria. Ouvi dizer que algumas pessoas no Pentágono, na verdade, se demitiram por causa disso”.

Nos últimos dias e semanas, que de fato parece que tanto os Estados Unidos como a Rússia estão recebendo em cada um dos outros saltos sobre a Síria. E a China está agora também envolvendo como eles enviaram um porta-aviões, navios de guerra, aviões e tropas.

Então temos também Israel e Irã. A Rússia será assistida por forças iranianas para combater o ISIS, mas o Irã é também o maior inimigo de Israel. Eles não vão permitir que cheguem perto de suas fronteiras. E por último mas não menos importante, há a Arábia Saudita que está bombardeando o Irã rebeldes apoiados no Iêmen. A Arábia Saudita e o Irã são dois arqui-inimigos históricos.

As coisas estão ficando muito complexas e explosivas lá fora.[1]


China se alia à Rússia ao mesmo tempo em que desenvolve armas para identificar navios norte-americanos. Ocidente apreensivo
  


No final de setembro notícias veiculadas quase que exclusivamente na imprensa russa e árabe (Pravda, Russia Insider, Al-araby) mencionavam um acordo entre Rússia e China para cooperação no combate contra rebeldes do ISIS e grupos anti-Assad. A comunidade de inteligência ocidental ficou extremamente apreensiva. Uma aliança operacional entre duas potências do porte de China e Rússia pode rapidamente deslanchar para um grande conflito de proporções incalculáveis.

O assunto desde então tem sido mantido em sigilo e nada mais de concreto se apurou até o momento.

Essa semana novamente surgiu um alerta. Especialistas norte-americanos descobriram que há grande possibilidade de os chineses ainda esse ano já possuírem tecnologia para identificar e interceptar navios de guerra norte-americanos. As informações foram confirmadas pela própria imprensa chinesa, que divulgou um relatório onde se afirma que satélites geoestacionários da observação Gaofen-4 serão lançados até o final deste ano. O propósito exclusivo do equipamento seria “caçar” porta-aviões. O satélite está equipado com um gerador de imagens de altíssima resolução e tem capacidade de fornecer coordenadas com a precisão suficiente para orientar o DF-21D (Míssel anti-navio)

Há poucos anos o exército chinês se incomodou bastante com a presença extremamente próxima de dois porta-aviões dos EUA enviados para proteger Taiwan durante exercícios de mísseis destinados a intimidar a ilha.

Desde então, os militares chineses tem buscado maneiras de localizar e identificar porta-aviões norte-americanos. No entanto, a localização de porta-aviões dos Estados Unidos não é fácil de conseguir, e a China tem lutado para desenvolver grande variedade de sensores aéreos e espaciais para facilitar essa tarefa.

Há pouco tempo Obama disse que os EUA “congratula-se com ascensão pacífica da China”. Contudo, para muitos americanos, como os especialistas do instituto Lan Easton, a ascensão da China nada tem de pacífica, e isso na verdade seria uma tragédia, já que acumulando força, aliados e desenvolvendo equipamentos do tipo acima mencionado, a China torna clara a sua intenção de direcionar suas forças contra o “ocidente” em futuro próximo.

Rússia e China tem cada vez mais estreitado seus laços comerciais com países do ocidente, principalmente na América Latina. O que aumenta a preocupação de especialistas norte-americanos.[2]


Trechos do Livro da Verdade

Jesus Cristo, 18 de março de 2011:

“Uma guerra no Médio Oriente envolverá outras nações. As outras nações do Ocidente irão provocar uma reação da Rússia e da China. Tudo vai acabar numa Guerra Mundial”.[3]

Jesus Cristo, 1 de maio de 2011:

Observai agora a Rússia e a China a tornarem-se a terceira entidade a causar rupturas. Muito em breve aqueles que deram o controle dos seus países para os grupos sem rosto, que vos tratam como marionetes, em breve verão os grupos sinistros, essas forças políticas que não são de Deus, a tentar ditar como vós vivereis”.[4]

Jesus Cristo, 4 de fevereiro de 2012:

Vão surgir guerras que envolvem o Irã, Israel, Egito e Síria. Todas estarão interligadas”.[5]

Jesus Cristo, 19 de fevereiro de 2012:

Os dois aliados Rússia e China vão unir forças. Isso acontecerá assim que a besta com os dez chifres ao alto assuma o comando do longo sofrimento das pessoas inocentes. A besta com dez chifres é a União Europeia, Minha filha, referida como Babilônia no Livro do Apocalipse. A Babilônia cairá e será dominada pelo grande Dragão Vermelho, a China, e o seu aliado Urso, a Rússia”.[6]

Jesus Cristo, 16 de maio de 2012:

Eu devo informar-te que uma terceira guerra mundial está prestes a desenrolar-se no mundo. As Minhas Lágrimas fluem esta madrugada, como podes ver. O Segundo Selo está prestes a manifestar-se como foi previsto pelo Evangelista João no Livro do Apocalipse. Ela vai começar na Europa. O vosso sistema bancário será a causa e a Alemanha, mais uma vez, estará envolvida nesta tragédia tal como nas duas anteriores ocasiões. Quando se iniciar será sobretudo para salvar a economia e a catástrofe afetará a Grécia, com chuva radioativa na França. O Médio Oriente também estará envolvido, com Israel, o Irã e a Síria numa guerra que irá desempenhar um papel sério na queda do Egito”.[7]

Jesus Cristo, 23 de abril de 2012:

“Rezem, rezem, rezem para que vocês tenham a força para se opor às medidas destinadas a torná-los pobres, dependentes e à mercê de quem controla seus Países! Eles governam sob os poderes globais, que consistem no Reino Unido (Inglaterra), EUA, União Européia, China e Rússia”.[8]

Jesus Cristo, 19 de julho de 2012:

A Rússia e a China estarão no poder em muitos países, a começar pela Europa. A União Europeia, a besta de dez chifres, será devorada pela segunda besta, mais cruel e mais poderosa. Em seguida, o comunismo tomará o seu lugar até que se espalhe por toda a parte”.[9]

Jesus Cristo, 24 de setembro de 2013:

A Síria e o Egito, pela agitação nos seus países, tornar-se-ão os catalisadores de uma guerra maior, que envolverá as quatro grandes potências. Cada uma destas potências estará ligada, a fim de criar um regime unificado que será utilizado para controlar a riqueza global e a população”.[10]


Referências:


[2] http://www.sociedademilitar.com.br/wp/2015/10/china-se-alia-a-russia-ao-mesmo-tempo-em-que-desenvolve-armas-para-identificar-navios-norte-americanos-ocidente-apreensivo.html

[3] Mensagem nº 54 de Nosso Senhor Jesus Cristo, 18/3/2011: http://olivroselado.blogspot.com.br/2015/10/terremoto-na-europa-e-guerra-mundial.html

[4] Mensagem nº 77 de Nosso Senhor Jesus Cristo, 1/5/2011: http://olivroselado.blogspot.com/2015/08/russia-e-china-causam-perturbacoes.html

[5] Mensagem nº 327 de Nosso Senhor Jesus Cristo, 4/2/2012: http://olivroselado.blogspot.com/2015/08/russia-e-china-causam-perturbacoes.html

[6] Mensagem nº 345 de Nosso Senhor Jesus Cristo, 19/2/2012: http://olivroselado.blogspot.com/2015/08/russia-e-china-causam-perturbacoes.html

[7] Mensagem nº 427 de Nosso Senhor Jesus Cristo, 16/5/2012: http://olivroselado.blogspot.com/2015/05/o-segundo-selo-3-guerra-mundial.html

[8] Mensagem nº 405 de Nosso Senhor Jesus Cristo, 23/4/2012: http://olivroselado.blogspot.com.br/2015/10/mais-nacoes-estao-se-unindo-e-mais.html

[9] Mensagem nº 494 de Nosso Senhor Jesus Cristo, 19/7/2012: http://olivroselado.blogspot.com/2015/09/os-meus-bracos-foram-arrancados-dos.html

[10] Mensagem nº 921 de Nosso Senhor Jesus Cristo, 24/9/2013: http://olivroselado.blogspot.com.br/2015/10/as-quatro-partes-do-mundo-que-eu-me.html


Fotos: AP / Vozisnelas.com e Revista Sociedade Militar.




Nenhum comentário:

Postar um comentário